Às 00H00 soarão, os primeiros acordes de guitarra. Recordações, alegria e saudade juntam-se, esta noite, à cor das fitas em riste, anunciando a chegada de mais uma Queima das Fitas. A Serenata Monumental é, talvez, um dos momentos mais marcantes na vida de um estudante.

Para alguns, representa o “batismo” na vida académica – manda a tradição que os padrinhos tracem as capas aos seus afilhados caloiros que trajam pela primeira vez. Para outros, é o momento de dizer adeus a uma etapa que não se repete.

Recordam-se as amizades nascidas nos bancos da faculdade (e fora deles) ou os amores descobertos num olhar, num gesto ou… num copo.

Será também durante esta noite que muitos estudantes (e antigos estudantes) regressam à univerisdade. Multiplicam-se, por toda a cidade, os jantares de curso, bem regados a cerveja, traçadinho ou sangria.

 

Anúncios